Camisinha sempre!


DSTs X Comodismo Emocional

 

“Você tem uma bela casa, uma mesada e um carro. Tá reclamando de quê?”

 

 

Essa resposta foi ouvida por uma mulher de classe média quando ela "ousou" reclamar do sumiço do marido por dois dias.

Os dois foram namorados desde adolescentes. Ela abriu mão da carreira pra ajudá-lo. E se conformou numa situação material cômoda, mas emocionalmente árida!

O distinto em questão, é um executivo bem sucedido na área em que atua. Gosta de belos carros e de mulheres, muitas mulheres!

E claro, de ter uma mulher troféu em casa pra exibir pros amigos, ter e criar os filhos, e cuidar da casa.

De brinde,  além das benesses, ela tem de tratar de uma DST por ano, em média, e ainda receber telefonemas das amantes dele!

Mas prefere se calar e engolir.

Essa não é uma estória de ficção. É real e bem real. E ao contrário do que muita gente pensa, muito comum.

Não é questão de pobreza, nem de violência fisica que as fazem abrir mão da prevenção. É questão de comodismo emocional.

Escutei essa estória há algum tempo.E me indignei. Passei dias remoendo. São esses fatores, que queimam os neurônios de quem trabalha com prevenção.

Como combater coisas assim?

As "primas" se previnem. Mas as mulheres de "familia" acham que não precisam se preocupar.

Poem nas mãos do parceiro toda a responsabilidade e esquecem do resto.

E eles por sua vez, acham que precisam usar camisinha apenas quando pagam por sexo. E como só saem com mulheres "de nível" não usam camisinha...

Dessa forma, o círculo nunca é quebrado.

 

 



Escrito por Calabresa às 12h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ITAPECERICA DA SERRA, JARDIM JACIRA, Mulher, de 26 a 35 anos, Livros, Música
MSN -
Histórico
Outros sites
  Eu e o HIV
  Meu Perfil no orkut
  Agência AIDS
  Blog do fel
  UOL - O melhor conteúdo
  ONG SOMOS
  AIDS/HIV - BR
  ONG VISAR
  Daniela Mel
  Site do Matanza " A Arte do Insulto!"
  Blog Miojo
  Mixirica
  Blog do Marcelo Tas
  Lugares Comuns
  Bicho da Seda